Uepa abre vagas para formação de professores indígenas

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) oferta 150 vagas para o Processo Seletivo ao Curso de Licenciatura Intercultura Indígena 2016. Poderão se inscrever somente candidatos indígenas que concluíram o 3º ano do ensino médio. As inscrições seguem até o dia 18 de setembro, de 8h as 12h e de 14h as 17h, nos campi da Uepa em Tucuruí, Paragominas e Santarém.
 
Para participar, é necessário apresentar o formulário  do Processo de Seleção, fornecido pela Uepa, devidamente preenchido; declaração assinada por liderança indígena ou cacique da comunidade, que comprove a ciência da inscrição do candidato; cópia da Identidade e CPF; certificado de conclusão, histórico escolar, ou declaração de conclusão do Ensino Médio; entre outros especificados no edital.
 
O candidato com deficiência poderá solicitar atendimento diferenciado, por meio de requerimento encaminhado à Diretoria de Acesso e Avaliação (DAA), localizada na Reitoria da Uepa, na Rua do Una, bairro do Telégrafo.
 
O requerimento deverá ser enviado, no máximo, com 30 dias de antecedência da data de início das provas. É necessário especificar as condições e recursos para acompanhamento, além do envio de atestado médico. A lista dos candidatos com inscrições homologadas será divulgada pelo site da Uepa até 14 de outubro.
 
O certame é composto por três etapas. A primeira é a prova escrita, em que o candidato desenvolve uma redação sobre temática vinculada às questões indígenas. A segunda consiste em entrevista. O candidato é avaliado a partir das experiências relacionadas às questões indígenas, domínio da linguagem oral em língua portuguesa e em língua indígena originária. A terceira e última se trata da análise documental.
 
O resultado final está previsto para ser divulgado em dezembro, no site da Uepa, e nos campi de Paragominas, Santarém e Tucuruí. Mais informações podem ser acompanhadas no edital do Processo Seletivo.