Seminário discute o novo modelo de Gestão Estratégica do Estado do Pará

 Na manhã desta quinta-feira (16) o Governo do Estado do Pará, por intermédio da Secretaria de Estado de Administração (SEAD), Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Finanças (SEPOF), Secretaria de Estado da Fazenda (SEFA) e Secretaria de Estado de Governo (SEGOV), apresentaram, ao conjunto dos servidores e gestores do Estado, o novo modelo de Gestão Estratégica do Estado do Pará, a partir do Termo de Convênio de Cooperação Técnico com o Movimento Brasil Competitivo (MBC). O seminário de apresentação aconteceu no auditório do Centro de Convenções e Feiras da Amazônia (HANGAR).

 
 
Abrindo o evento o Vice-Governador, Helenilson Cunha Pontes, falou dos objetivos do novo modelo de gestão estratégica, implantado pela administração do Governador Simão Jatene. Helenilson ressaltou em seu discurso as melhorias na qualidade dos serviços públicos que serão proporcionados a toda sociedade paraense a partir do termo de cooperação feita pelo Estado do Pará com MBC. “Esse novo modelo de gestão estratégica que o Governo está implantando nada mais é do que o resgate do compromisso com a sociedade nos nossos primeiros dias de governo.
 
 
O Movimento Brasil Competitivo é reconhecido como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), que visa contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população brasileira, através do aumento da competitividade do país. O Termo de Convênio de Cooperação realizada pelo governo com o MBC visa justamente à melhoria na qualidade da prestação de serviços oferecida à população paraense. “Viver a realidade atual do Estado é extremamente complicada, por isso, pretendemos superar as dificuldades de uma máquina pública descontrolada para a construção de um modelo de gestão bem mais aprimorado para o nosso o Estado do Pará”, disse a secretária de administração, Alice Viana.
 
 
A partir da implantação do novo modelo de gestão pública o Governo pretende por em prática o Projeto de Modernização e Fortalecimento da Capacidade de gestão estratégica do Pará, buscando a transformação através do conhecimento e da transparência, assegurando, assim condições favoráveis de governança que possam impulsionar a máquina pública. “Estamos confiantes e muito felizes em poder selar esse acordo de convenio com o Estado do Pará, pois, possuímos as ferramentas certas para a criação desse novo modelo e o Governo está empenhado na construção de um Estado que possa dá melhores condições de vida a sua população”, concluiu o diretor presidente do MBC, Erick Camarano.
 
Ascom/Sead