Nomeações de aprovados em concurso para o Estado já somam 8.367 mil

 O Governo do Estado nomeou, ao longo dos 15 meses transcorridos de gestão, exatas 8.367 novos servidores para o provimento de cargos em diversas áreas da administração. Somente para área da educação foram chamados 3.630 professores e técnicos, um percentual equivalente a 43% do total de nomeações realizadas nesta gestão. A meta do Executivo é nomear, até maio de 2014, todos os aprovados em concursos públicos para o Estado dentro do prazo de validade e no limite de vagas ofertadas.

 
No caso específico da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), entre 2011 e 2012 foram chamados 1.803 novos professores, 1.827 técnicos em educação, 431 serventes, 170 vigias e 53 merendeiros. Em publicação recente no Diário Oficial (dia 11 de julho), o governo convocou ainda 355 professores e técnicos em educação dos concursos C-125 e C-154 da Seduc.
 
No início da atual gestão havia 34 concursos em vigência, dos quais 20 expiraram, restando 14 ainda com prazo de validade ativo. Dos aprovados em concursos cujo período de vigência encerram este ano, cerca de dois mil já foram nomeados. “Na medida em que há necessidade de pessoal, o Estado tem providenciado a realização de certames públicos, como é o caso desses que estão em fase de realização. Entretanto, é compromisso do governo, também, nomear todos os candidatos dentro dos limites das vagas, respeitando o prazo de vigência de cada concurso”, ressalta a secretária de Estado de Administração, Alice Viana.
 
Atualmente, cinco concursos estão em fase de realização. São eles: Polícia Civil (620 vagas), Polícia Militar (2.180 vagas), Fundação Carlos Gomes (61 vagas) e Procuradores Autárquicos e Fundacionais (61 vagas).
 
-----------------------------
 
   Ascom/Sead
 
----------------------------