Governo apresenta proposta para delegados de polícia

 

 
A primeira reunião de negociação salarial entre o Governo do Estado do Pará e os delegados de polícia aconteceu na tarde desta segunda-feira (23) no gabinete da Secretária de Estado de Administração, Alice Viana. Também estiveram presentes na reunião o Secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes e o delegado geral de Polícia Civil, Nilton Atayde.
 
Logo no início da negociação o governo apresentou a proposta de reajuste de 19,46% no vencimento base atual; um reajuste de 22,9% a 23,4% na remuneração, decorrente da majoração nas gratificações de risco de vida; de 50% para 70% para a polícia judiciária; e de 62% para 70% calculados sobre o vencimento base.
 
 
As propostas foram apresentadas aos diretores do sindicato e da associação dos delegados da Polícia Civil e dos delegados aposentados, que representaram a categoria no encontro. No entanto a categoria apresentou uma contraproposta que vai ser analisada pelo governo. “Eles querem um reajuste no vencimento base de mais 2% na proposta apresentada e a gratificação de polícia judiciária passa para o percentual de 100% do vencimento base, ao invés dos 70% oferecidos por nós”, esclareceu Alice Viana.
 
Os representantes da categoria solicitaram também a criação do auxílio-moradia e um reajuste no tíquete-alimentação, de R$ 325 para R$ 500. O governo vai estudar e analisar a proposta da categoria, sempre levando em conta as condições orçamentárias e financeiras do Estado. “O governo está sempre disposto a negociar, o dialogo é a melhor forma que temos de solucionar os conflitos, por isso estão buscando a negociação normal como forma de solução dos problemas”, destacou Alice Viana.
 
Na próxima quarta-feira (25) haverá uma nova reunião aonde o governo irá se posicionar acerca da contraposta apresentada pela categoria dos delegados. O encontro acontecerá na Secretária de Estado de Administração (Sead). Também ficou acordado que será instituída uma mesa de negociações, cuja composição será discutida no mesmo dia.
 
Proposta do Governo:
 
Atualmente um delegado, em início de carreira, recebe R$ 6.986.25. Com a proposta do governo, o salário inicial passa para R$ 8.586.11. Já um delegado com categoria “D”, tem salário de R$ 7.913,28, valor que passa para R$ 9.765,32 com os índices apresentados. 
 
 
 
Ascom/Sead