Canal Futura promoverá oficina sobre cidadania para jovens de Belém e Manaus

O Canal Futura, da Fundação Roberto Marinho, traz a Belém uma oportunidade para jovens que queiram aprender sobre produção audiovisual. Uma oficina será realizada no mês de maio, para 20 selecionados, voltada à discussão da cidadania na Amazônia. O projeto “Diz Aí Amazônida” recebe inscrições até o dia 16 de abril. Podem participar jovens entre 18 e 29 anos.

O “Diz Aí” é um programa do Canal Futura, que na 6ª temporada pretende dar voz às temáticas da juventude. Já foram abordados temas da juventude rural, dos jovens do semiárido nordestino, sobre o enfrentamento ao extermínio da juventude negra e o último, lançado em dezembro de 2014, o “Diz Aí Fronteiras”.
 
Nesta temporada, o “Diz Aí” será realizado em Belém (PA) e Manaus (AM). Serão oferecidas 20 vagas para cada cidade. Os selecionados participarão de quatro dias de formação em audiovisual e cidadania, e da produção do “Diz Aí Amazônida”, que vai ao ar no Canal Futura. Em Belém, a formação será de 14 a 17 de maio, e em Manaus, de 21 a 24 de maio.
 
O Canal Futura é um projeto social de comunicação e educação, desenvolvido pela Fundação Roberto Marinho. De acordo com a Mobilizadora do Canal na Região Norte, Melina Marcelino, a intenção é fazer a turma participar ativamente da produção do programa. “Queremos, a partir das oficinas, saber quem é, como se enxerga e qual a perspectiva do jovem amazônida, para mostrar no programa. Queremos deixar alguma coisa para eles, para que possam continuar produzindo, se articulando e multiplicando conhecimento”, afirma Melina Marcelino.
 
Inscrições - Para se inscrever basta acessar o site www.dizai.org.br ou clicar no link https://docs.google.com/forms/d/1tACf9ykLCU6ywhe0aNdQMJO5GkrwN5EURL3U12m..., e preencher o formulário com o envio de um vídeo de no máximo 1 minuto, sobre o tema “Meu Olhar”.
 
O candidato deve dizer o que acha sobre os jovens amazônidas e o lugar onde vivem. Este vídeo pode ser feito pelo celular, e não será avaliado tecnicamente.